Para o ambiente de trabalho ser saudável, confortável e seguro é necessário observar as condições ideais quanto aos ruídos, segurança, iluminação, temperatura e satisfação do trabalhador. Com o intuito de atender a esses requisitos, surge a ergonomia, ciência que compreende a fisiologia e a psicologia do trabalho. Segundo o Gerente de Saúde Ocupacional da Mineração Rio do Norte, Paulo Ayres, “a ergonomia procura a adaptação confortável e produtiva entre o ser humano e seu trabalho, através da adequação das condições de trabalho às características dos funcionários que irão realizar a tarefa”.

A Mineração Rio do Norte adquiriu seis novos postos de trabalho que estão sendo implantados nas máquinas de pátio do TBBB, TPOF, TPOS e TPOC. Estes novos equipamentos evitam os riscos de acidentes e visam o aumento da produtividade e conforto para os operadores. O técnico de manutenção, Jean Frank, que acompanhou todo o processo de compra e instalação dos novos postos, diz que além da qualidade técnica do equipamento, a equipe de instalação e manutenção da MRN fez outros ajustes. “Implantamos novos instrumentos para adequar às nossas necessidades. Incluímos um botão na manete (rearme de falha), um outro botão que você aperta para falar no rádio, iluminação na cabine e até um CD Player com entrada USB”. Esse último foi um pedido dos operadores que trabalham de turno. “O CD Player funciona como uma ferramenta que auxilia no combate ao sono, além de tornar o ambiente de trabalho mais agradável”, diz. Os novos postos de trabalho ainda terão um sistema de telefonia com a tecnologia VOIP (Voz sobre IP). O sistema ainda está em fase de teste. “Estamos utilizando a tecnologia PLC (transmissão de dados via rede elétrica), um estilo de internet banda larga que irá permitir que o operador receba ligações externas via ramal. Ele deixará de depender somente do rádio para se comunicar”.

Para o Operador José Antônio Sarubi, os novos postos de trabalho além de serem mais confortáveis, tornam o trabalho muito mais produtivo. “Antigamente a gente ficava com os braços mais abertos, não tinha um encosto, também tinha que tirar a mão da manete para falar no rádio e mexer no computador, hoje já é possível fazer tudo isso sem parar a produção. É possível controlar o equipamento e falar no rádio ao mesmo tempo”, conclui.

Os novos postos de trabalho atendem à Norma Reguladora 17 (Ergonomia) que estabelece parâmetros que permitem a adaptação das condições de trabalho às necessidades dos trabalhadores, de modo a proporcionar um máximo de conforto, segurança e desempenho eficiente.